Novo iPad Pro tem ímãs que o grudam em superfícies metálicas

Um recurso escondido e, provavelmente, acidental, permite que o novo iPad Pro seja fixado a superfícies de metal. A descoberta foi feita pelos próprios usuários e se deve ao amplo uso de imãs no interior do tablet, utilizados para diferentes atividades como o bloqueio automático da tela por meio de capas oficiais, a utilização de teclados ou interações com o Apple Pencil.

Com isso, também, o aparelho pode ser fixado a geladeiras, quadros ou qualquer outro tipo de superfície de metal. O iPad Pro, é claro, não foi feito para isso e, sendo assim, acaba deslizando quando utilizado assim em um local vertical, com o peso o levando ao chão e, claro, representando um grande risco de danos à tela e outros componentes internos do dispositivo.

É justamente por isso que a Apple não alardeou essa possibilidade como um recurso, até porque, ela efetivamente não o é. Trata-se de uma utilização colateral dos imãs voltados para outros tipos de interações e, sendo assim, antes que você ache uma boa ideia prender o iPad Pro à geladeira para assistir a vídeos enquanto cozinha, a recomendação dos próprios responsáveis pela descoberta é que os usuários evitem fazer isso, pois a brincadeira pode acabar bem mal.

Desmontagens revelaram que, no interior do tablet, existe pelo menos uma dúzia de imãs, que servem a diferentes funções. Além de funcionarem ao lado do Apple Pencil, de teclados e capas, os componentes também fazem parte do conjunto de quatro alto-falantes que estão entre os destaques da nova versão do tablet.

Fonte: Phone Arena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *