Novo portas-aviões Chinês usará tecnologia eletromagnética para impulsionar aviões.

Novo portas-aviões Chinês usará tecnologia eletromagnética para impulsionar aviões. Construído inteiramente na China será equipado com catapultas eletromagnéticas para impulsionar as aeronaves nas decolagens.

Esse é um fato importante, porque as três catapultas permitirão que o navio lance aeronaves com maior rapidez e frequência, fator que determina seu poder bélico.

O uso de catapultas eletromagnéticas também pode ser visto pela forma de seu convés. Os porta-aviões anteriores tinham uma rampa para ajudar as aeronaves embarcadas nas decolagens, mas o convés do novo navio é completamente plano.

O novo porta-aviões tem a bordo aeronaves J-15 e um novo tipo de aviões de asa fixa, que teoricamente cumpririam funções de alerta antecipado.

No momento, a China tem dois porta-aviões. O primeiro deles é o Liaoning, que na verdade é o antigo navio soviético Variag – vendido pela Ucrânia para o país asiático depois do desaparecimento da URSS. O segundo é o Type 001A, o primeiro porta-aviões construído totalmente na China.

Por: Global Times

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *