Alzheimer revertido com aparelhos de onda eletromagnética

O Alzheimer revertido com aparelhos de onda eletromagnética. Em testes realizados usando uma espécie de gorro eletromagnético, revelou uma melhora significativa na memória dos pacientes testados.

Resultados apontam um potencial avanço no tratamento do Alzheimer, com a estimulação eletromagnética transcraniana.

Pesquisadores haviam demonstrado anteriormente que o tratamento de camundongos com ondas eletromagnéticas na faixa de radiofrequência resultou na proteção contra o comprometimento da memória em animais jovens, e na reversão do comprometimento da memória em animais idosos.

Para o estudo clínico em humanos, eles desenvolveram um dispositivo de vestir chamado MemorEM. O gorro possui vários emissores que são ativados sequencialmente, com os tratamentos facilmente administrados em casa pelo cuidador do paciente. Além disso, o dispositivo permite uma mobilidade quase completa para realizar quase todas as atividades domésticas durante os tratamentos.

A estimulação magnética transcraniana pode ser uma intervenção terapêutica totalmente nova contra a doença de Alzheimer e poderá ter sucesso onde a terapia medicamentosa não conseguiu até agora.

Por: Oximag
Fonte: Diário da Saúde
Foto: MedicalDevice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *