Menu fechado

Ímãs de neodímio: o que são e quais são as aplicações?

Muito provavelmente você já deve ter ouvido ou lido algum artigo sobre os ímãs de neodímio, certo? Afinal, trata-se de uma classe de ímãs muito popular, principalmente em indústrias e empresas que os utilizam para o desenvolvimento de objetos.

Embora não pareça, os ímãs de neodímio são materiais muito presentes no nosso dia a dia, uma vez que fazem parte da produção de alto-falantes, equipamentos de imagem média, entre outros objetos que são muito utilizados e requeridos por nós.

Além disso, é importante mencionar que os ímãs de neodímio não podem ser aplicados sob algumas ferramentas mais específicas, como é o caso da pistola pulverizadora de pintura. No entanto, eles podem ser implementados para a criação de diversos outros itens.

Pensando nisso, preparamos este post para que você saiba o que são os ímãs de neodímio e quais são os diferentes tipos de aplicação desse material. Aqui neste conteúdo, você verá um pouco mais sobre essa classe de ímãs que faz tanto sucesso nas indústrias. Confira!

O que são os ímãs de neodímio?

Uma das ligas magnéticas mais fortes do mercado, capazes de suportar milhares de vezes seu próprio peso. Eles são ímãs formados por uma combinação de neodímio, ferro e boro por meio de um processo de sinterização ou aglomeração.

Contam com uma ampla variedade de utilização, por isso, podem substituir os ímãs de samário-cobalto. No entanto, é importante mencionar que como a composição dos ímãs de neodímio contém ferro, eles estão sujeitos a oxidação.

Além do mais, por conta do seu processo de produção, ele acaba sendo muito duro, cerca de 600HV, o que o torna frágil em duas situações: se for atingido por outros ímãs ou objetos, ou se for exposto a temperaturas acima de 150°C.

ímãs de neodímio

Contudo, por se tratar de um ímã permanente, é improvável que perca o campo magnético se a temperatura de operação for observada e o revestimento correto for aceito durante a sua utilização. Ou seja, não é possível aplicá-lo em contextos mais distantes, como em produções de caixa de inox.

Portanto, é importante lembrar que os ímãs de neodímio devem ser manuseados com cuidado, pois são pequenos e muito poderosos ao mesmo tempo.

Para se ter uma ideia, eles só podem ser processados ​​com ferramentas diamantadas ou EDM, e devem ser mantidos longe de aplicações elétricas, cartões magnéticos e displays, pois podem causar danos irreparáveis.

Quais são as aplicações?

Como mencionamos anteriormente, os ímãs de neodímio podem substituir algumas modalidades de ímãs. Por essa razão, eles são amplamente utilizados nas indústrias, principalmente na fabricação de objetos sonoros.

Em resumo, os ímãs de neodímio são adaptados em sensores pequenos, discos rígidos e equipamentos de áudio em miniatura. Porém, não pode ser utilizado em uma polia de alumínio, por exemplo.

Além do mais, também podem ser aplicados em auto-falantes, equipamentos de imagem médica, acoplamentos magnéticos, ferramentas sem fio e rolos magnéticos.

Gostou do nosso post? Então compartilhe com os colegas e deixe o seu comentário!

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.

Publicado em:Notícias

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *