Menu fechado

Saiba tudo sobre Moega e como é usada

Você já ouviu falar em moega? É um componente normalmente aplicado no recebimento ou pré armazenamento de insumos como grãos e farinhas, dentre outros, para direcionar ou mesmo dosar esses insumos.

São construídas normalmente em aço carbono e todas as faces internas possuem ângulo de inclinação superior a 40°. Usando essa forma construtiva, nenhum tipo de produto fica retido, escoando todo seu conteúdo.

moega

Aplicadas no recebimento, ela pode direcionar os produtos para uma correia transportadora, elevador de caneca ou ainda direcionar diretamente para o beneficiamento dos insumos. Quando os grãos são triturados por exemplo, normalmente passa por outra moega para futura destinação ou distribuição, como produção, armazenagem ou ensaque.

Em todo esse processo, contaminantes ferrosos são um grande problema! Por exemplo no caso uma carga de milho que venha com um dente de pá carregadeira ou corrente misturadas. Esses ferrosos podem danificar elevadores, correias, britadores, martelos de moinhos, além de contaminar os grãos.

Por isso a importância da aplicação de SEPARADORES MAGNÉTICOS – também conhecidos como ARMADILHAS MAGNÉTICAS – em pontos estratégicos da moega. Assim quaisquer ferrosos são removidos do processo.

Os EQUIPAMENTOS MAGNÉTICOS normalmente aplicados nesses pontos dos processos produtivos são as GRADES MAGNÉTICAS, os TAMBORES MAGNÉTICOS, SEPARADORES MAGNÉTICOS SUSPENSOS e as PLACAS MAGNÉTICAS.

moega

GRADES MAGNÉTICAS

São equipamentos magnéticos desenvolvidos para a separação de materiais ferrosos da matéria prima. Seu principal objetivo é evitar que o seu produto seja contaminado por material ferroso, como por exemplo, pregos, porcas, parafusos, cavacos, ou outros tipos de ferrosos que possam contaminá-lo durante o processo de produção, embalagem ou finalização.

Projetadas para trabalhar em ciclos programáveis de despejo mecânico, ou gravitacional, possuem flanges de entrada e saída de flange conforme a aplicação.

TAMBORES MAGNÉTICOS

Ideal para a separação de resíduos ferrosos e partículas que possam existir em produtos secos, por processo de queda gravitacional de alta vazão. Geralmente utilizado em esteiras para as indústrias de grãos e diversas outras áreas agrícolas e alimentícias.

Seu funcionamento é simples. A parte frontal contém o campo magnético e a traseira não, sendo assim, há um ciclo contínuo de descarte. Sendo assim, parte frontal atrai as contaminações ferrosas e a traseira descarta.

SEPARADORES MAGNÉTICOS SUSPENSOS

Normalmente aplicados sobre correias transportadoras onde o contato com o produto poderia ser um problema. Contanto com seu alto fluxo magnético ele é capaz de atrair partículas ferrosas, retirando-as enquanto o produto passa pela correia.

Nos casos em que a incidência de ferrosos é muito alta, pode-se aplicar o sistema de remoção automática. Dessa forma não será necessária a parada de linha para limpeza e nem mesmo a intervenção humana para remover os ferrosos.

PLACAS MAGNÉTICAS

Indicadas para locais onde o produto “escorrega” por cima da placa. Normalmente aplicadas em bicas, todo material ferroso é retido de forma automática enquanto os outros materiais passam sem interromper o fluxo.

Gostou deste post? Não deixe de compartilhar em suas redes sociais

Acesse nosso site e conheça nossa linha de produtos e equipamentos magnéticos – www.oximag.com

Publicado em:Notícias

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *